15 de dezembro de 2015

Estudantes de Fisioterapia da Piaget fazem visita técnica ao Incor

Estudantes conheceram Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e enfermarias e vivenciaram a atuação do fisioterapeuta na área hospitalar

Estudantes do curso de Fisioterapia da Faculdade Piaget foram recebidos no Incor, o Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, considerado um dos três maiores centros cardiológicos do mundo, para realização de uma visita técnica. O grupo de alunos da Piaget conheceu as Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e enfermarias, principalmente, e vivenciou a atuação do profissional fisioterapeuta no dia a dia de trabalho na área hospitalar. No ano que vem, a Piaget ampliará ainda mais as parcerias para levar os alunos a outras visitas técnicas ao Incor e a outras instituições.

A coordenadora do curso de Fisioterapia da Piaget, Profa. Ms. Poliana Lima, destacou os aspectos positivos desse tipo de atividade para os estudantes: “A visita proporciona ao aluno uma perspectiva real do mercado de trabalho, como é a atuação do fisioterapeuta na área hospitalar, a ética e a postura do profissional e a importância do estudo das disciplinas básicas e especificas para a formação do futuro fisioterapeuta”, disse a professora.

Ela destacou que os alunos do curso de Fisioterapia da Piaget participam de visitas técnicas desde o início do curso, vivenciando, na prática e no começo dos estudos, a atuação do profissional no seu dia a dia. “Neste caso, eles conheceram um pouco mais sobre a fisioterapia hospitalar”, acrescentou. Segundo a coordenadora, novas visitas serão realizadas a cada semestre, no próximo ano. Devem participar alunos de cada turma para que eles possam replicar as informações para os colegas.

Durante quatro horas, as alunas Valéria Gelezoglo da Mata, do 6º semestre do curso, Miriã dos Santos e Dirce Dias Fonseca da Cunha, do 4º semestre, tiveram a oportunidade de conhecer UTIs e enfermarias do Incor, entre outras dependências. Elas foram recebidas e guiadas pela fisioterapeuta Dra. Denise Peres às instalações do hospital.

A aluna Miriã dos Santos disse que ficou encantada com tudo que viu no Incor, do início ao fim da visita. “Pude ver muita coisa, principalmente na área da fisioterapia respiratória. O que mais me chamou a atenção foi a humanização no atendimento dos pacientes e também de suas famílias. Vi um lado muito mais humano do que imaginava, diferente da ideia que todos nós temos sobre UTIs. Esperava encontrar pacientes tristes, deprimidos, e o que notei foi o contrário: pessoas felizes por estarem em recuperação. A humanização é fundamental”, comentou a aluna.

“Vi muito conhecimento sendo aplicado na prática, embora ainda esteja no quarto semestre na faculdade. Não basta só estudar para passar na prova, mas sim adquirir conhecimento porque, depois de formados, iremos atender e cuidar de pessoas. Visitas como essa ajudam para escolha profissional no futuro, como, por exemplo, a área da fisioterapia em que o aluno irá atuar ou mesmo para quem vai empreender e montar um consultório”, disse Miriã.

Ela agradeceu à coordenação do curso pela oportunidade de conhecer o Incor e destacou a qualidade dos professores da Piaget: “Tinha a chance de estudar em São Paulo, mas escolhi a Piaget, em Suzano, por ser perto de casa. Tenho a certeza de que fiz a escolha certa, o curso tem excelentes professores e estou sendo muito bem preparada”, acrescentou.

Fisioterapia do Incor

Coordenado pela renomada fisioterapeuta Dra. Maria Ignez Feltrim, o Serviço de Fisioterapia do Incor conta com mais de 80 fisioterapeutas, além de alunos do curso de aprimoramento e especialização em Fisioterapia Cardiorrespiratória, vindos de diversas partes do Brasil. Recentemente, foi lançado o livro “Fisioterapia Cardiorrespiratória na UTI cardiológica”, cujo objetivo é compartilhar com os profissionais e alunos da fisioterapia a experiência adquirida no serviço durante várias décadas.

 

Um dos maiores do mundo

O Instituto do Coração é uma das sete unidades hospitalares que integram e formam o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP. Fundado pelo médico cirurgião cardiovascular Dr. Euríclides Zerbini, foi inaugurado em 1977 e hoje é considerado um dos três maiores centros cardiológicos do mundo em volume de atendimento, centro de referência no tratamento de alta complexidade das doenças do coração e do pulmão e o melhor hospital cardiológico do Brasil, na opinião de médicos paulistas. No Incor ocorreu o primeiro transplante cardíaco da América Latina e um dos primeiros do mundo, em 1968.

O complexo hospitalar se destaca na utilização das mais modernas técnicas cirúrgicas e equipamentos de alta geração, que garantem o atendimento e o tratamento de forma eficiente e precisa a milhares de pacientes todos os anos. Entre tantas especialidades e habilidades, a equipe médica consegue, por exemplo, reparar as mais delicadas estruturas do coração, inclusive em bebês recém-nascidos.

O Incor também se destaca como um grande centro de pesquisa e de ensino, sendo o hospital latino-americano que mais tem trabalhos aceitos para a apresentação em congressos americanos e europeus.

visitaincor

 

visitaincor2