8 de novembro de 2016

NOVEMBRO AZUL: Piaget e Lions promovem palestra sobre o câncer de próstata

ed-fis-Foto-3-Quadra-Esportiva

Médico falou ao público, formado principalmente por alunos da Piaget, sobre a importância da detecção precoce da doença, entre outros aspectos.

A Faculdade Piaget entrou no Novembro Azul e sediou, em seu auditório, palestra com o tema “Prevenção ao câncer de próstata”, com o urologista Vito Zuppo. O médico falou ao público, formado principalmente por alunos da Piaget, sobre a importância da detecção precoce da doença, formas de tratamento, entre outros aspectos.

O professor Gustavo Vianna, coordenador do curso de Farmácia, recepcionou o palestrante. A atividade foi promovida pelo Lions Clube de Suzano, parceiro da instituição de ensino em iniciativas como esta. Com o Lions, a Piaget promoveu em outubro palestra sobre a prevenção ao câncer de mama.

O Novembro Azul é um movimento mundial de alerta para uma doença cada vez mais recorrente. Segundo dados do Inca – Instituto Nacional de Câncer – no Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma). Em valores absolutos e considerando ambos os sexos é o quarto tipo mais comum e o segundo mais incidente entre os homens. A taxa de incidência é maior nos países desenvolvidos em comparação aos países em desenvolvimento.

Mais do que qualquer outro tipo, é considerado um câncer da terceira idade, já que cerca de três quartos dos casos no mundo ocorrem a partir dos 65 anos. O aumento observado nas taxas de incidência no Brasil pode ser parcialmente justificado pela evolução dos métodos diagnósticos (exames), pela melhoria na qualidade dos sistemas de informação do país e pelo aumento na expectativa de vida.

Quando detectado no início, de forma precoce, pode ser curado em até 90%. Daí a importância de disseminar, na população, a informação sobre a importância da prevenção. Isso porque os sintomas só aparecem quando a doença está em estágio bem mais avançado: vontade de urinar com urgência, dificuldade para urinar, levantar-se várias vezes à noite para ir ao banheiro, dor óssea, queda do estado geral e dores fortes no corpo são alguns deles.1a