13 de maio de 2021

Piaget e Sebrae abrem portas do empreendedorismo aos estudantes

Projeto Capacitação Empreendedora Sebrae e Piaget

Excelentes projetos e ideias surgem ainda na faculdade e a parceria entre a Piaget e o Sebrae vem para dar um "empurrãozinho" e impulsionar modelos de negócios

A Faculdade Piaget e o Sebrae estabeleceram parceria e lançaram o "Projeto de Capacitação Empreendedora", iniciativa que pretende incentivar e despertar o espírito empreendedor nos estudantes da instituição. Por meio do projeto, alunos da Piaget poderão se inscrever no curso "Empreenda Rápido", oferecido pelo Sebrae. Futuramente, projetos poderão ser abrigados na faculdade. O programa também está aberto à participação de professores, egressos, recém-formados, potenciais empresários e à comunidade em geral.

O projeto vem num momento em que a economia brasileira dá sinais de fadiga com a crise agravada pela pandemia de Covid-19. Incentivar o empreendedorismo é uma forma de proporcionar alternativas de geração renda. Excelentes projetos e ideias surgem ainda na faculdade e a parceria entre a Piaget e o Sebrae vem para dar um "empurrãozinho" e impulsionar modelos de negócios.

O "Empreenda Rápido", que é o curso do Sebrae para a capacitação, foi apresentado durante live no canal oficial do YouTube da Piaget com a presença de docentes, alunos de diversos cursos da instituição, entre outros inscritos no evento.

A live, organizada pela coordenação dos cursos de Administração e Ciências Contábeis, recebeu representantes do Escritório Regional Alto Tietê do Sebrae: a gerente regional Gilvanda Geraldina Figueiroa e os analistas de negócios Cláudio Januário Leopoldo e Roseli Lima Bezerra, que apresentaram o curso e esclareceram as dúvidas do público.

Na abertura, a diretora acadêmica da Piaget, Poliana Lima, destacou que a instituição está sempre aberta e em busca de parcerias que possam agregar conhecimento ao currículo dos alunos, extensivo à comunidade na qual a faculdade está inserida. “Ter o Sebrae como parceiro é uma grande satisfação. Todos têm a ganhar. Abraçamos com muita força parcerias como esta”, comentou a diretora.

O coordenador dos cursos de Administração e Ciências Contábeis, professor Robinson Guedes, lembrou que os estudantes universitários, independentemente do curso de graduação e da profissão escolhida, em algum momento de suas vidas, irão empreender, seja com academias de ginástica, escritórios de advocacia, clínicas, entre outros segmentos; “E por que não começar agora, ainda na faculdade? Esse é o momento”, destacou. “A Faculdade Piaget e o Sebrae irão proporcionar capacitação a todos que se interessarem em participar do programa”, acrescentou, ao agradecer ao Sebrae pela parceria.

Também participaram da live, com palavras de incentivo aos alunos, os professores Guilherme Matsutani, coordenador do curso de Farmácia e Estética e Cosmética; Juliana Oliveira, que coordena as Engenharias Ambiental e Civil; Solange Tomiyama, coordenadora de Direito, e Rodolfo Vieira, coordenador de Gestão de RH e Logística.

Gilvanda Figueiroa, diretora do Sebrae, lembrou que desenvolver comportamentos empreendedores faz com que profissionais se diferenciem: “Serão muito mais valorizados pelo mercado, qualquer que seja a profissão escolhida”, disse. “Não é só uma capacitação, é um trabalho de mudança de atitude em relação à vida", completou.

O curso do Sebrae consiste em um programa completo para que o aluno saia, no final, com um modelo de negócio para colocar em prática, inclusive, com a possibilidade de obter linha de crédito do Banco do Povo, do governo estadual.

Cláudio Januário, em sua apresentação do curso “Empreenda Rápido”, fez o convite aos estudantes: “Aproveitem o momento em que estão na faculdade para não apenas aprender durante a jornada, mas colocar em prática, trazendo o empreendedorismo como opção de carreira para a vida”. Ele destacou que um dos objetivos do Sebrae com o curso é aproximar empresas da região e gerar conexões com projetos que irão nascer e se desenvolver dentro da Piaget.

A capacitação empreendedora trará temáticas como empreendedorismo, finanças, marketing, ideia de negócios e formalização. O curso terá 3 fases, será online e totalmente gratuito. As turmas serão estruturadas a partir das inscrições, que se encerraram no  dia 9 de maio. O canal para as inscrições foi informado aos participantes durante a live.