15 de fevereiro de 2016

Piaget recebe mais alunos e novos investimentos no campus suzanense

Uma das novidades neste começo de semestre é o Laboratório de Fisiologia do Exercício. Outra nova estrutura é a Sala de Ginástica, com equipamentos recentemente adquiridos

A Faculdade Piaget deu início ao ano letivo com novas turmas com a recepção aos calouros e a divulgação de investimentos em melhorias, como contratações de professores, em sua maioria mestres e doutores, e na estrutura, como novos laboratórios, entre outros. Os investimentos fazem parte do plano de consolidação e expansão progressiva das atividades em Suzano desde sua implantação, há apenas 3 anos.

Os novos alunos de Engenharia Ambiental, Estética e Cosmética, Administração e Educação Física foram recebidos na quinta-feira, 11/2, à noite, primeiro dia de aula, com boas vindas da diretora acadêmica, Profa. Dra. Neide Feijó, professores e coordenadores dos cursos, no auditório da instituição. Estudantes de Nutrição, Fisioterapia e Engenharia Civil iniciaram as aulas na semana passada, assim como veteranos de todos os cursos da Piaget.

Entre os calouros, o clima era de emoção, afinal, quando decidiram continuar os estudos e ingressar na faculdade, eles deram um passo muito importante em direção à conquista do diploma e de um futuro melhor. Além disso, fazem parte de uma pequena parcela da população que, hoje, no Brasil, pode ter acesso ao ensino superior. “A Faculdade Piaget está preparada para transformar o sonho dos nossos alunos em realidade, garantindo formação diferenciada que os tornarão profissionais de sucesso no mercado de trabalho”, disse o diretor-geral da Piaget, Marcus Rodrigues.

A instituição começa o ano com novos laboratórios. Uma das novidades é o Laboratório de Fisiologia do Exercício. Outra nova estrutura é a Sala de Ginástica, com equipamentos recentemente adquiridos para a prática das mais diversas modalidades esportivas, que irão somar à estrutura atual.

Além dos investimentos na estrutura física, o corpo docente foi reforçado com mais contratações de mestres e doutores. E dois novos cursos também iniciam com força total: Engenharia Civil e Estética e Cosmética, recentemente aprovados pelo Ministério da Educação. Outros cinco novos cursos estão em fase final de autorização no MEC. Cursos de extensão também serão oferecidos no decorrer do ano, além de atividades culturais, entre outros, para o público interno e a comunidade.

Com o aumento no número de estudantes, a instituição triplicou o espaço destinado ao estacionamento interno, medida que possibilitará mais comodidade e segurança. Com isso, o estacionamento, com seguro, poderá receber uma quantidade bem maior de veículos.

Apesar do início das aulas, quem pretende estudar na Piaget ainda pode fazer a prova agendada (basta ligar para 4746-7090) e, se aprovado, começar a estudar. Administração, Educação Física, Estética e Cosmética, Fisioterapia, Nutrição, Engenharia Ambiental e Engenharia Civil estão com turmas confirmadas e últimas vagas.

Os programas de incentivo da Piaget foram essenciais para o ingresso de muitos alunos neste ano, como o PPP – Plano Piaget de Parcelamento. “Tivemos uma grande adesão a este plano, pois os estudantes entenderam que é um plano possível, quanto ao pagamento atual das mensalidades, e também viável para que possam começar a quitar depois de formados”, analisou o diretor-geral.

A Piaget também renovou o convênio com o programa Escola da Família, do governo do Estado, que oferece bolsas 100% para alunos e em contrapartida exige que os estudantes atuem como educadores voluntários nos fins de semana em escolas públicas.

Também mantêm o programa de bolsas gratuitas em convênio com a Prefeitura de Suzano. Na próxima semana, dias 17 e 18, os alunos da Piaget que pretendem pleitear o benefício deverão fazer a inscrição e aguardar a seleção, que leva em conta a menor renda, entre outros requisitos. As bolsas integrais são destinadas a estudantes de baixa renda e exclusivamente moradores de Suzano.

O programa federal de Financiamento Estudantil (Fies) também teve grande adesão, pois para este semestre, o MEC autorizou 298 vagas de Fies para a Piaget. “Isso comprova que a instituição está dentro dos requisitos principais para a liberação de vagas, tais como cursos nas áreas de licenciatura, saúde e engenharia, a região onde a faculdade está instalada e o ótimo conceito dos nossos cursos”, disse o diretor-geral.

Para este ano, novas parcerias serão feitas com empresas, sindicatos e associações de classes, entre outros, para a oferta de descontos.