24 de novembro de 2015

Piaget investe em biblioteca virtual para alunos e professores

Nova plataforma, para quem gosta de mobilidade e vive contectado, já está disponível e oferece mais de 5.900 títulos para consulta 24h e em qualquer lugar

A Faculdade Piaget de Suzano acaba de colocar mais um serviço à disposição da comunidade acadêmica: a Biblioteca Virtual – Minha Biblioteca. Por meio da plataforma, alunos e professores da instituição terão acesso rápido e fácil a mais de 5.900 títulos digitais para consulta e pesquisa a qualquer momento, 24 horas, no computador, tablet ou smartphone, de qualquer lugar que tenha Internet.

A Minha Biblioteca reúne conteúdos de quatro importantes editoras: Grupo A, Editora Saraiva, Editora Atlas e Grupo Gen. A plataforma conta com mais de 5.900 títulos de livros técnicos, científicos e profissionais de qualidade nacionalmente reconhecida, com constante atualização, e em diversas áreas do conhecimento, como Ciências Exatas, Humanas e Biológicas, entre outras, que atenderão plenamente aos alunos dos nove cursos de graduação da Piaget em suas pesquisas.

Os universitários brasileiros hoje estão cada vez mais conectados e com o público da Piaget não é diferente. “Percebemos que os nossos alunos utilizam muito essas novas tecnologias móveis. Notamos que eles também têm cada vez menos tempo para ir à faculdade consultar o acervo físico, por isso optamos por oferecer este novo serviço. A biblioteca em plataforma virtual facilitará ainda mais os estudos para aqueles que buscam praticidade, interatividade e mobilidade”, disse o diretor-geral da Faculdade Piaget, Marcus Rodrigues. “Este novo serviço é mais um investimento da instituição para oferecer o que há de melhor para os alunos”, acrescentou.

Na biblioteca convencional, o aluno faz o empréstimo de livros, leva as obras para casa por determinado período e tem prazo para a devolução. Com esse novo sistema à disposição, ele pode ter acesso a milhares de obras a qualquer hora, sem sair de casa, pelo tempo que for necessário para a pesquisa.

O sistema virtual permite ao usuário fazer marcações e anotações na obra consultada e já começar a compilar dados que farão parte da pesquisa, tudo de forma simultânea, sem precisar transcrever notas ou se lembrar de partes importantes que marcou em algum outro local. Tem busca de títulos por palavra-chave, possibilidade de fazer a impressão de textos e consulta em todo o acervo digital, independentemente do curso do aluno.

Os professores também serão beneficiados com a nova plataforma, pois poderão utilizar o acervo para preparar aulas, recomendar leituras aos alunos, enriquecer o conteúdo de suas disciplinas, entre outras atividades.

“O uso das novas tecnologias é tendência cada vez maior no setor educacional. A Piaget acompanha a evolução e está em constante atualização. Esta nova ferramenta é um diferencial, uma exclusividade, para quem estuda na Piaget. É como se o nosso aluno tivesse uma biblioteca com milhares de livros na sua casa, ou melhor, nas suas mãos”, resumiu Rodrigues.

O diretor-geral lembrou que o próprio Ministério da Educação reconhece o uso das bibliotecas virtuais e as incentiva atribuindo notas melhores no quesito bibliografia às instituições de ensino superior que disponibilizam este tipo de sistema: “Queremos manter as excelentes notas que conquistamos quando nossos cursos foram avaliados e autorizados pelo MEC e também para aqueles que ainda iremos oferecer”, acrescentou.

O acesso ao novo serviço é fácil: basta entrar no site da Piaget (www.faculdadepiaget.com.br), clicar no banner da Minha Biblioteca, inserir o nome de usuário (RGM do aluno sem traço) e a senha (data de nascimento com oito dígitos) e começar a utilizar o acervo. Em caso de dúvida sobre acesso e senha, fale com a secretaria acadêmica.

A Biblioteca Virtual amplia a oferta de ferramentas de estudos e pesquisas para o público estudantil. Na biblioteca física são mais de 6.000 volumes de livros para consulta e empréstimo a alunos e professores da instituição, além da leitura, no local, para a comunidade em geral. “Com as obras online e o acervo físico, passamos, de uma só vez, a oferecer quase 12.000 títulos para leitura e consulta”, reforçou o diretor da Piaget. A biblioteca do campus é informatizada e climatizada, tem estações individuais de estudos e salas para trabalhos em grupos, terminais conectados à Internet e rede wireless.

Ao acervo físico somam-se as obras da Edições Piaget, braço editorial do Instituto Piaget que publica, em Portugal, autores consagrados como Jean Piaget, Edgar Morin, Alan Touraine, Michel Serres, Pierre Levy, entre outros. No Brasil, a editora mantém uma distribuidora, localizada em São Paulo. A faculdade em Suzano também recebe as obras editadas, tanto clássicas como lançamentos, para consulta da comunidade acadêmica.

Além de tudo isso, a biblioteca da Piaget oferece, online e de forma gratuita, para seu público e a qualquer pessoa que acessar o site da instituição, uma ampla base de dados com indicações de revistas on-line e periódicos especializados nas áreas dos cursos de graduação, entre outras publicações na Internet.

Biblioteca Virtual: mobilidade e praticidade

Biblioteca Virtual: mobilidade e praticidade

Período ampliado

Outra novidade: a bibliotecária Gisele Sonsin é a nova coordenadora da Biblioteca da Piaget. Profissional com 16 anos de experiência somente em bibliotecas universitárias, Gisele vem para somar no processo de reorganização do setor. Tem mais: de 24/11 até 8/12, época de provas, a biblioteca da Piaget ficará aberta mais tempo: das 17h às 22h, de segunda a sexta.

Gisele: experiência em bibliotecas universitárias

Gisele: experiência em bibliotecas universitárias