26 de maio de 2021

Professores e estudantes da Piaget apresentam pesquisas em congresso internacional

Congresso

Professores e estudantes da Faculdade Piaget de Suzano tiveram trabalhos acadêmicos aprovados e participarão do Congresso Internacional de Intervenção em Saúde e Bem-estar e 1ª Conferência Internacional de Cinesiologia Humana, sexta e sábado (28 e 29 de maio), que, marcados inicialmente para o Campus Universitário de Viseu do Instituto Piaget, em Portugal, ocorrerão integralmente no formato virtual. O congresso conta com participantes de cinco países: Portugal, Espanha, Cabo Verde, Angola e Brasil - entre eles docentes e estudantes da Faculdade Piaget suzanense.

Em duplas, as alunas de Nutrição, Ana Maria Miguel do Amaral e Isabelle Branca Costa, e Ana Paula Valério de Souza Petrucci e Andressa Pacheco de Sousa, orientadas pela professora Thaís de Moura Neves, participarão do evento científico.

O trabalho desenvolvido por Ana Maria e Isabelle foi intitulado "Sobrepeso e obesidade em crianças e adolescentes autistas" e teve como ponto de partida o contato com algumas crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA) na Clínica da Saúde da faculdade, e, posteriormente, um grupo de famílias desses pacientes, o União Família Azul de Suzano, entre 2018 e 2019. 

"Desempenho esportivo e composição corporal de vegetarianos em comparação com onívoros" é o trabalho de Ana Paula e Andressa, também orientado pela professora Thaís. Surgiu a partir de dados que indicaram o aumento do número de vegetarianos e uma preocupação se esse tipo de dieta, que notadamente tem muitos benefícios, teria implicações para esportistas e atletas que muitas vezes podem ter maior demanda metabólica. 

"Foram estudos de revisão que reuniram evidências de estudos originais já publicados visando responder a lacunas da nossa área, e ambos trazem resultados importantes e aplicáveis à prática clínica e esportiva. O congresso é importante por proporcionar a divulgação desses resultados e mostrar para o mundo os trabalhos que estamos desenvolvendo, e por permitir a interação com outros pesquisadores da área, algo que também soma para a formação de nossos estudantes", comentou Thaís.

Ana Paula Petrucci também será uma das conferencistas, com o tema "Qualidade de vida baseada na atenção plena", no dia 28 de maio. Além de recém formada em Nutrição pela Piaget de Suzano, é advogada e integra o Centro Brasileiro de Coaching Cognitivo Comportamental. 

Ana Paula recebeu o convite para a conferência no início de 2020, antes da pandemia, quando esteve em Viseu com um grupo de estudantes de Nutrição em intercâmbio por meio do programa de mobilidade internacional da Faculdade Piaget, que proporciona módulos no Exterior gratuitos aos alunos do campus suzanense.

"Coping e motivação na aprendizagem do Surfe" é o trabalho que o professor Bruno Allan, do curso de Educação Fisica, teve aprovado e apresentará no congresso. Bruno explica que, conforme constatou em sua pesquisa, o enfrentamento e a motivação podem ser elementos importantes no processo de aprendizagem do surfe, pois favorecem comportamentos significativos para o desenvolvimento na modalidade, além de auxiliar o professor a melhor organizar suas aulas e promover experiências desafiadoras. 

A professora Vera Teixeira, também do curso de Educação Física, teve dois trabalhos aprovados. O primeiro é" Dança: formação em contexto de vulnerabilidade social", pesquisa que teve a participação de 140 crianças. "Os participantes tiveram a oportunidade não somente de aprender a dança, mas discutir e adquirir valores sociais que contribuíram para o desenvolvimento pessoal e coletivo numa perspectiva humanística de uma sociedade igualitária", concluiu a professora.

"Construção de uma Proposta curricular inclusiva pelos professores de Educação Física para Educação infantil: entre vozes e escutas" é o título do segundo trabalho aprovado.

"Os trabalhos foram elaborados com a colaboração de vários autores, trazem reflexões e discussões sobre as desigualdades sociais e inclusão. As desigualdades sociais, culturais e educacionais, bem como a miséria, a ignorância e a indiferença parecem estar nas estranhas da sociedade contemporânea, retratam a violência velada silenciando muitas vozes. Não podemos pensar na paz de forma simplista e reducionista, visto que ela está imersa em diversas questões e não se materializa sem a justiça social. É primordial, enquanto professora e pesquisadora, suscitar essas discussões, seja na educação básica ou no ensino superior visto que as diferenças de classes sociais acabam potencializando as injustiças sociais" cimentou a professora Vera Teixeira.

Também participam do congresso a diretora acadêmica da Faculdade Piaget, Poliana Lima, e a coordenadora do curso de Nutrição, Adriana Nagahashi Lourenço, que integram o Comitê Científico. A diretora Poliana também será moderadora nas apresentações de pôsteres na sexta-feira, em que serão abordados temas sobre saúde e qualidade de vida. “Parabenizo docentes e alunos da Faculdade Piaget envolvidos direta ou indiretamente nos trabalhos selecionados para este importante congresso. Nossa instituição se solidifica cada vez mais, pois está erguida sobre fortes pilares, no ensino, na vida acadêmica e na comunidade”, destacou Poliana Lima.

Subordinado ao tema “Saúde e bem-estar no ciclo vital”, o congresso é organizado pelo centro de investigação RECI (Research in Education and Community Intervention) e pela Escola Superior de Saúde Jean Piaget de Viseu, contando com o apoio institucional da Câmara Municipal de Viseu.

Com um programa recheado de painéis e comunicações, o evento científico pretende contribuir para a discussão das questões atuais e emergentes referentes à saúde e ao bem-estar da população, contando com a participação de pesquisadores e profissionais de diferentes áreas de formação e atuação.